quinta-feira, 21 de abril de 2011

Qual é a cobra mais venenosa do mundo? E do Brasil?

A campeã mundial é a taipan do interior (Oxyuranus microlepidotus), uma serpente que praticamente só pode ser encontrada na Austrália. Ela é tão perigosa que uma só picada contém veneno suficiente para matar mais de 100 pessoas ou 250 mil camundongos! Em nosso país, o ranking das peçonhentas é liderado pela coral-verdadeira (Micrurus sp.), uma parente distante da taipan. "Ambas pertencem à família Elapidae, que conta com 240 espécies altamente venenosas em todo o planeta, exceto na Europa", diz o biólogo Otávio Marques, do Instituto Butantan, em São Paulo. Estima-se que, todos os anos, ocorram de um a dois milhões de acidentes envolvendo seres humanos e cobras (venenosas e não-venenosas), dos quais cerca de 50 mil resultam em morte. As cobras venenosas são divididas em três categorias, conforme a ação do seu veneno.
"O primeiro grupo é o das cobras cujo veneno age no sistema nervoso periférico, causando parada respiratória - é o caso da taipan e da coral. Já as víboras inoculam substâncias tóxicas que provocam distúrbios na coagulação do sangue, hemorragias e necrose local. As serpentes marinhas, por fim, liberam um tipo de veneno chamado miotóxico, que causa destruição das fibras musculares e insuficiência renal aguda", afirma Fátima Viveiros, também bióloga do Instituto Butantan.

Esquadrão da morte As campeãs nacionais e internacionais da peçonha

  NO BRASIL

1. Coral-verdadeira (Micrurus sp.). Embora seja a mais venenosa, é responsável por apenas 1% dos acidentes com cobras no país.
2. Cascavel (Crotalus durissus). Cerca de 30% de suas vítimas morrem se não receberem soro antiofídico a tempo.
3. Surucucu-pico-de-jaca (Lachesis muta). Com mais de 3 metros, é a maior cobra venenosa da América Latina. A picada causa edema e hemorragia.

NO MUNDO

1. Taipan do interior (Oxyuranus microlepidotus). Australiana. Sua picada pode causar paralisia respiratória, levando a vítima à morte em poucos minutos. Sua toxina é capaz de matar mais de 100 pessoas.
2. Cobra marrom (Pseudonaja textilis). Também australiana. Uma única gota do seu veneno é suficiente para matar uma pessoa. É uma cobra que, diferente das demais, não foge ao sentir-se ameaçada, enfrentando o animal ou a pessoa que contrariá-la.
3. Krait malasiana (Bungarus candidus). Vive no Sudeste asiático. É tão perigosa que 50% das vítimas morrem mesmo tomando soro antiofídico.

OBS: dentre as 25 serpentes mais venenosas do mundo, 21 estão na Austrália (conforme informado no documentário "Animais Mortais" exibido pelo canal Discovery Channel, em 22 de abril de 2011).


Nenhum comentário:

Postar um comentário